Fazer um orçamento pela primeira vez pode parecer um pouco difícil. Você sabe que gasta muito dinheiro a cada mês, mas quanto em supermercado? Como você estima suas despesas médicas ou a quantidade que você gasta em gasolina? O primeiro passo para criar um orçamento confiável, com pé no chão, é guardar todos os recibos do mês e escrever quanto você gasta e sobre o que. Mas você pode se perguntar, esse mês os gastors foram realmente “na média”?

Antes de começar, lembre-se que o orçamento é pra você. É para sua segurança e tranquilidade. Ele precisa fazer sentido pra você e se ajustar seu estilo de vida. Ninguém vai chegar à sua casa para checar se que você está mantendo seus registros “corretamente”. Para um cidadão manter o controle de seu próprio dinheiro, “correto” é o que funciona pra você.

A seguir vai uma planilha financeira de gastos pessoais que construí com o Microsoft Excel.

-Contas. Em primeiro lugar, cuida das contas que você paga todo mês. Alguns, como aluguel, serão fixos. Outros irão variar dependendo da época do ano. Liste todas as contas que você paga: aluguel ou hipoteca, carro, outras dívidas, pagamento de escola particular, academias, cartão de crédito, pagamentos de água, luz, gás, esgoto e outras utilidades, telefones celulares, televisão a cabo, internet, seguro do carro, etc. Seja completo. A seguir, anote ou estime o que você paga cada mês para cada uma dessas contas.

-Como fazer no Excel: a primeira coisa a fazer é etiquetar a parte superior da folha do Excel como nome do mês. Após isso escrevo o nome da conta a ser paga na coluna mais à esquerda. Digamos que seja aluguel. A direita de “Aluguel”, escrevo a minha estimativa para o que vou gastar (célula B3). Agora, deixe um espaço em branco (B4). Isto é onde você vai colocar valor real que foi gasto. Finalmente, introduza esta equação na célula B5: =B3-B4. Agora, essa célula dirá qual o saldo. Isto é, irá dizer se você gastou mais ou menos do que valor estimado para esta conta. Repita o processo para todas as suas contas mensais.

-Outras despesas. Liste suas outras despesas e estimativas por mês.  Esta categoria inclui coisas como mantimentos, despesas médicas, gasolina, comer fora e outros entretenimentos. Se você tem filhos coloque despesas relacionadas a eles, como o dinheiro do almoço deles ou mesadas. Não se esqueça dos animais de estimação. E certifique-se de incluir uma categoria “Outros” para o que não se encaixa em outro lugar. Quanto mais específico você for, melhor você será capaz de ver para onde vai o seu dinheiro.

-Como fazer no Excel: é quase o mesmo processo como acima, mas você provavelmente tem mais de um recibo de mercearia ou de gás, vai precisar de mais espaço para escrever cada despesa. Como vimos acima, rotular esta categoria (mercearia, por exemplo), mas desta vez digite a estimação de despesa diretamente sob a etiqueta (digamos que é a célula 29). À direita da etiqueta, faca o cabeçalho destas três colunas: data, valor e local. Quando você tem um recibo de supermercado, insira a data de compra, valor e o supermercado onde comprou. Abaixo dos cabeçalhos, deixe quantos espaços você achar necessário para anotar suas despesas. Lembre-se de é melhor sobrar do que faltar. Para escrever sua fórmula, selecione todas as células sob a etiqueta “Valor” (digamos D28-D47). Na parte inferior, digite esta fórmula na coluna de “Volume”: =A29-SUM(D28: D7). Repita este procedimento para todas as outras categorias.

-Renda. Encontre uma área em branco e construa uma fórmula similar a de cima para listar sua renda. Etiquete no topo com “Rendimento” e deixe vários espaços em branco para preencher com remuneração ou outros ganhos em dinheiro. Na parte inferior, escreva a equação da soma para dar-lhe o total de sua renda.

-Total de despesas. Sob seu rendimento total, você tem que somar as suas despesas. Para fazer isso, use a função SUM e selecione todas as suas despesas. Isso significa que você deve selecionar cada intervalo de células e separe-os com uma vírgula. Por exemplo: =SUM(C4, C8, C24, D29:D47, C12, C16, C20, D51:D57, J40:J59, J30:J36, J20:J26, J12:J16, J3:J8, D28). Sim, eu sei. Eu prometi que seria fácil e parece complicado. Mas realmente não é que seja difícil, apenas levará um ou dois minutos. Nao se esqueça de introduzir uma vírgula depois de selecionar uma célula ou intervalo de células. E não se esqueça de fechar os parênteses no final!

-Renda menos Despesas. Agora tudo o que você tem a fazer é escrever uma fórmula para subtrair as despesas da renda. Se sua renda total é na célula N9 e seus gastos na célula N12, sua equação será algo como: =N11-N12.

Parabéns, você fez um orçamento!  Cada seção individual diz como você está indo nessa categoria. Então no final do mês, você pode olhar para trás e dizer, “Uau, eu só gastei isso em supermercado, que está abaixo do orçamento, mas gastei muito comendo fora.” A seção de renda menos despesas diz como você está no geral.

Uma vez que você tenha elaborado uma planilha em branco com todas as suas estimativas de orçamento e fórmulas, copie a planilha para criar um orçamento para o ano inteiro dentro de uma única pasta do Excel. Em seguida, ajuste-o conforme o necessário.

Um orçamento também pode ajudá-lo a poupar dinheiro, quando você começa a identificar os lugares onde você pode melhorar seus gastos. Se você possui um negócio e utiliza os serviços de um contador, ele será eternamente grato por você manter seus recibos organizados – outra vantagem de criar um orçamento.