Algumas pessoas ficam obcecadas com a pontuação de crédito (chamado também de “escoragem de crédito”), especialmente quando tentam sair da dívida. Sua pontuação de crédito é importante se você está pensando em empréstimos – para obter um empréstimo de carro, comprar uma casa, por exemplo.

Todo ano peço meu relatório gratuito ao Serasa e SPC para verificar se há erros mas, se me lembro corretamente, este relatório não inclui pontuação de crédito.

O que significa pontuação de crédito?

Sua pontuação de crédito indica qual o risco que você representa para seus credores em potencial em comparação a outros consumidores. Maior a pontuação, mais favorável é a sua posição.

O que afeta a pontuação de crédito?

É uma fórmula complexa que leva em conta fatores diversos descritos no seu relatório de crédito, tais como:

  • histórico de pagamentos: se você tem saldo pendente no seu cartão de crédito ou falta de pagamento
  • qualquer cobrança de dívida ou insolvência registrada contra você
  • dívidas: o limite do seu cartão de crédito (seu saldo está perto desse limite?)
  • histórico: há quanto tempo você tem crédito?
  • número de pedidos recentes feitos sobre o seu relatório de crédito: um número alto significa que, após ser recusado por uma credora, você foi pedir à outra, que por sua vez irá solicitar seu relatório de crédito
  • tipo de crédito que você está usando: uma mistura de cartões de crédito e empréstimos

Estes fatores todos não impactam sua pontuação de crédito da mesma forma. Os fatores mais importantes são o seu histórico de pagamento, se você já declarou insolvência e o volume de saldos pendentes.

A maioria dos credores consideraria qualquer pessoa com excelente crédito como de risco muito baixo. Se você estiver a procura de crédito, isto é o que você pode esperar:

  • Você pode ser capaz de obter limites de crédito elevados no cartão de crédito.
  • Muitos credores podem oferecer taxas de juros mais atraentes.
  • Muitos credores podem oferecer incentivos especiais e recompensas que são voltadas aos seus clientes mais valiosos.

É importante compreender que a sua pontuação de crédito não é o único fator que os credores avaliam quando da decisão de lhe ceder crédito.

Diferentes credores definem suas próprias políticas e tolerância ao risco e podem considerar outros elementos, tais como sua renda ao analisar a sua capacidade de crédito para um empréstimo.

Como melhorar sua pontuação de crédito

Aqui estão algumas dicas sobre como aumentar sua pontuação de crédito:

  • Pague suas contas em dia. Embora o pagamento de contas de serviços públicos – água, telefone e eletricidade – não fique registrado no seu relatório de crédito, algumas empresas de telefonia celular podem relatar pagamentos atrasados ​​às agências de crédito, o que pode afetar sua pontuação.
  • Pague suas contas integralmente na data de vencimento. Se você não é capaz de fazer isso, certifique-se que pode pagar o valor mínimo exigido mostrado em seu extrato mensal de cartão de crédito.
  • Salde suas dívidas o mais rápido possível.
  • Não ultrapasse o limite de crédito em seu cartão de crédito e tente manter o seu equilíbrio bem abaixo do limite. Quanto maior o saldo, maior o impacto que tem sobre a sua pontuação de crédito.
  • Reduza o número de pedidos de empréstimos que você faz. Se muitos credores consultam sobre o seu crédito em um curto período de tempo, isso pode ter um efeito negativo na sua pontuação.
  • Crie um histórico de crédito. Você pode ter uma pontuação baixa porque você não tem um histórico de pedir dinheiro e pagá-lo.

Este último ponto é muito interessante e é o que mais espanta aqueles que não estão familiarizados com o assunto. O leigo acha que como viveu sem nunca precisar de empréstimo, ele vai obter um nas melhores condições quando precisar de um, mais favoráveis do que aquele que vive pedindo empréstimos.

É o contrário. É que aquele que já pediu e PAGOU PONTUALMENTE é o que tem a melhor possibilidade. Aquele que provou que paga em ponto tem mais credibilidade do que aquele que nunca provou nada.

É a mentalidade insana do mundo financeiro.