Economizar dinheiro é uma dessas coisas que é muito mais fácil de dizer do que fazer. É muito mais do que “gastar menos dinheiro” (embora esta parte seja um desafio em si mesmo). Como conseguir economizar dinheiro ou como guardar dinheiro, como você vai alocá-lo e como  pode ter certeza que ele vai permanecer por lá? Veja abaixo como poupar dinheiro, como definir metas realistas, manter seus gastos sob controle e aproveitar o máximo de seu dinheiro.

1) A primeira coisa é liquidar suas dívidas. Calcule quanto você gasta por mês em pagamento de dívidas e você verá que a eliminação da dívida é o caminho mais rápido para ter dinheiro para economizar. Uma vez que o dinheiro é liberado do pagamento da dívida, ele pode ser facilmente redirecionado para a poupança.

Além disso, quanto mais cedo você acabar com a dívida, menos juros vai pagar e esse dinheiro pode ser economizado.

Se você optar por começar a poupar antes de saldar completamente a sua dívida, veja se é possível fazer consolidação de dívidas para que você não pague muito juros. O único tipo de poupança que deve ter precedência sobre a quitação total da dívida é a criação de um fundo de emergência (tenha dinheiro suficiente para sobreviver de 3 a 6 meses se você perder a sua renda).

2) Estabeleça metas de poupança. Para objetivos a curto prazo, isto é fácil. Se você quiser comprar um blu ray player, descubra quanto ele custa; se você quiser comprar uma casa, determine quanto de entrada você precisa. Para objetivos a longo prazo, como aposentadoria, você precisa fazer um planejamento muito mais elaborado (determine quanto você precisa para viver confortavelmente por 20 ou 30 anos depois de parar de trabalhar) e você também vai precisar analisar como seus investimentos ajudarão você a alcançar esses objetivos.

3) Estabeleça um calendário. Por exemplo: “Eu quero comprar uma casa em dois anos a partir de hoje”. Defina uma data concreta para objetivos a curto prazo e certifique-se que o objetivo é atingível, viável dentro desse período de tempo. Se não for possível, você só vai ficar frustrado.

4) Descubra o quanto você terá que economizar por semana ou por mês para atingir cada uma das metas de poupança que você definiu. Para cada meta, calcule quanto você precisa para começar a economizar a partir de hoje. Para a maioria das metas, é melhor poupar o mesmo montante em cada período.

Por exemplo, se você quiser ajuntar 5 mil reais para dar entrada em uma casa em 24 meses (dois anos), você vai precisar economizar cerca de 210 por mês. Mas se o seu salário é de 400 reais, é bem provável que você não consiga cumprir. Ajuste o seu calendário até que você obtenha um valor realista.

5) Mantenha um registro de suas despesas. O que você economiza pode ser simplificado em 2 perguntas: quanto você ganha e quanto você gasta. Uma vez que você tiver mais controle sobre quanto você gasta, faça uma análise crítica de seus gastos. Anote tudo que você gasta por algumas semanas ou um mês. Seja o mais detalhado possível e tente não deixar de fora as pequenas compras.

Categorize toda compra ou despesa: aluguel, seguro de autómovel, gasolina, gastos com carro, conta de telefone, TV a cabo, gás, eletricidade, alimentação, diversão, etc. Sempre leve uma caderneta com você.

Acostume-se a escrever todos os gastos e guardar os recibos. Uma vez por semana faça uma análise da sua caderneta e recibos. Anote as suas despesas em um caderno maior ou um programa de planilha. Há também muitos programas de computador que poderão ajuda-lo a controlar seus gastos.

6) Corte suas despesas. Dê uma olhada em seus gastos após um ou dois meses. Você provavelmente vai se surpreender quando você olhar: 40 reais em petiscos e refrigerantes, 100 em estacionamento. Você provavelmente verá alguns cortes fáceis de serem feitos.Dependendo de quanto você precisa poupar, no entanto, talvez você precise tomar algumas decisões difíceis. Pense sobre suas prioridades e faça os cortes permissíveis.

Calcule o quanto esses cortes vão poupar por ano e você estará muito mais motivado para economizar.Você pode mudar para uma casa ou apartamento menos caro? Você pode refinanciar sua hipoteca? Você consegue pensar em alguma maneira de como economizar dinheiro em gasolina ou desistir de comprar um carro completamente? Se sua família tem mais de um carro, você consegue desfazer deles e ficar com um?

Você pode obter um preço melhor de seguro de carro? Consulte outras seguradoras e certifique-se que você está recebendo o melhor preço possível. Compre o que está na seção de desconto de lojas de roupas. Ítens de queima de estoque tem preço bem baixo e você pode poupar 50% ou mais.

Você consegue deixar de usar o telefone fixo e usar celular e economizar dinheiro através da Internet usando serviços gratuitos como a Skype? Você consegue viver sem TV a cabo ou satélite? Você pode reduzir a conta de gás, água, luz? Tem como economizar energia elétrica? Tem como economizar combustível? Você pode evitar de comer fora? Comprar alimentos em quantidade? Cozinhar mais em casa?

7) Reavalie suas metas. Subtraia suas despesas (aquelas do qual você não pode viver sem) de sua renda líquida (ou seja, apos a subtração dos impostos). Qual a diferença? Ela corresponde às suas metas de poupança? Digamos que você decidiu que você consegue viver com 2.400 por mês e seu hollerith é de 3.000 por mês. Isso te deixa com 600 reais para economizar. Se não há como ecomomizar dinheiro que precisa dentro do seu orçamento, dê uma olhada no que você está economizando e corte as coisas menos importantes. Ou ajuste o calendário. Como, por exemplo, adiar a compra de um carro novo por mais um ano. Ou talvez você não precise realmente de uma TV de tela grande.

8) Faça um orçamento. Uma vez que você tenha conseguido equilibrar seus ganhos com suas metas de poupança e gastos, faça um orçamento para que você saiba a cada mês quanto você pode gastar em qualquer categoria. Isto é especialmente importante para despesas que variam muito ou que são difíceis de serem controladas (exemplo: vou gastar apenas 50 por mês em entretenimento).

9) Pare de usar cartão de crédito. Pague tudo com dinheiro vivo. Não use nem mesmo cheque. É mais fácil gastar mais quando você está usando cheque ou cartão de crédito porque você não sabe exatamente quanto tem lá. Se você tem dinheiro, você pode ver a carteira vazia. Você pode até mesmo ter um envelope com a quantidade pré determinada de dinheiro alocado para cada despesa com um rótulo ou ter caixas separadas para cada despesa (por exemplo, uma para café, outro para o gás, outra para diversos).

Quando você retirar o dinheiro de uma caixa para uma determinada despesa, você verá quanto resta. Se você precisa de ter cartão de crédito mas não quer ter a tentação de usá-lo no dia-a-dia, feche a parte de sua carteira com uma nota ou imagem lembrando de suas metas de poupança. Cartão de crédito não é inerentemente mal. É uma questão de auto controle. Se você usá-los responsavelmente (ou seja, pagar completamente todo mês), você pode se beneficiar dele.

Mas a razão pela qual as empresas de cartão de crédito ganham dinheiro é que seus clientes acabam gastando dinheiro que eles não tem. A menos que você seja uma das pessoas que podem pagar religiosamente o saldo total todos os meses, não caia nas promoções que as companhias de cartão de crédito usam para seduzi-lo (dinheiro de volta, sistema de pontos e similares).

11) Pague-se primeiro. Poupança deve ser a prioridade número um. Por isso não basta dizer que você vai guardar o que sobra no final do mês. Faça o depósito na sua poupança assim que você receber o salário. Uma forma eficaz e fácil de começar a poupar é simplesmente depositar 10% de cada salário em uma conta poupança.

Se você receber um cheque ou uma soma de dinheiro, digamos 458,44, mova o ponto decimal uma casa para a esquerda e deposite este valor: 45,84. Isso funciona bem e exige pouco raciocínio; ao passar dos anos, você tem uma boa soma na poupança. Em algumas décadas você será um milionario.

12) Sempre sobrestime suas despesas e subestime sua renda.

13) Tem hobby ou passatempo? Um hábito importante para poupar se você tem um hobby é ter uma regra onde você deposita na sua poupança aquilo que você gasta em seu hobby ou passatempo. Por exemplo, se você comprar uma luva de goleiro por 34 reais, outros 34 vão para a sua poupança. Considera poupança como altamente importante para você? Então dobre esse dinheiro de equivalência. Esta regra de poupança vai fazer duas coisas: fazer você cconomizar dinheiro regularmente e rapidamente e mostrar o quanto você está gastando monetariamente em seu passatempo.

14) Se você recebeu dinheiro inesperado ou não planejado, coloque tudo ou grande parte dela em sua poupança, mas continue a guardar o seu dinheiro que entra regularmente também. Você vai alcancar seus objetivos de poupança mais cedo.

15) Faça compras com dinheiro vivo. Use um cofrinho para guardar o troco ou as moedas. Pode parecer insignificante, mas quando acumulados ao longo do tempo podem ajudar você a economizar.

16) Como juntar dinheiro ganhando pouco? A maioria das pessoas pode sempre economizar alguma coisa independentemente dos seus rendimentos. Começando a economizar aos poucos vai ajudar o hábito de poupar. Mesmo que poupe pouco como 5 reais por mês, você vai aprender que não precisa de tanto dinheiro como pensa. Taí uma resposta para aqueles que perguntam como poupar dinheiro ganhando pouco.

17) Se você não pode cancelar todos os seus cartões de crédito congele-os. Falo a sério! Coloque-os em um recipiente, encha-o com água e deixe no congelador. Dessa forma, se você sentir vontade para usar o cartão de crédito, você tem que esperar que o gelo derreter e durante esse tempo você pode vir a cair na real e perceber que você não precisa realmente comprar o que você queria comprar.

18) Se você recebe a mesma quantia regularmente, fica mais fácil de orçamentar seu dinheiro ao longo do tempo. Se você tem renda variável, fica mais difícil antecipar suas despesas porque você não vai saber quando será a próxima vez que você vai receber. Neste caso faça uma lista de categorias em ordem de importância em seu orçamento e preencha os itens na ordem de prioridade. Sempre aja de maneira conservadora; assuma que vai levar tempo para o dinheiro entrar novamente.

19) Use afirmações para se auto conscientizar. Repita essa afirmação para si mesmo: “Dívida não é opção de vida”.

20) Desfrute dos prazeres simples da vida. Durante a Grande Depressão, as pessoas se divertiam sem tem que gastar dinheiro. Adolescentes tinham concursos de dança, todo mundo jogava Banco Imobiliário, montavam quebra-cabeças, liam livros e ouviam rádio. Se reuniam para discutir filosofia ou rezar; jogar poker ou fazer tricô, tocar instrumentos e dançar.

Naquela época era necessário um pouco de imaginação e criatividade, mas eles tinham um monte de diversão sem ter que ir ao shopping center. E você pode também. Muitas das amizades e alianças entre pessoas formadas durante a Grande Depressão com base em tais atividades duraram décadas e décadas.

21) Se você tiver gente que gasta muito dinheiro em seu círculo de amigos, arrange desculpas para explicar por que você não pode sair com eles toda vez.

22) Não faça window shopping com dinheiro no bolso. Você só vai se sentir tentado a gastar um dinheiro que você não pode ter o luxo de perder. Somente faça compras tendo em mão uma lista de compras previamente definida.

23) Depois de uma longa semana de trabalho, você pode estar tentado a algum luxo falando a si mesmo “eu mereço isso”. Mas lembre-se que as coisas que você compra não são presentes para você mesmo. Eles são trocas de seu dinheiro por produtos. Diga a você mesmo: “É claro que eu mereço isso, mas eu posso me dar ao luxo de ter isso? Se eu não puder, isso não significa que eu não tenha valor; eu MEREÇO o objetivo de atingir o meu objetivo de poupar! ”

24) Não tente cortar custos ligados à saúde a menos que você esteja realmente em dificuldades financeiras (como estar morando debaixo da ponte ou ter filhos passando fome). Ir ao médico pode custar dinheiro mas deixar de fazê-lo irá lhe custar mais ainda na frente quando este problema de saúde piorar devido à negligência.