Você Tem Um Plano Para o Caso de Ficar Desemprego?


Se você for como a maioria, provavelmente não gosta de pensar sobre a perda de seu trabalho. No entanto, na atual conjuntura econômica é uma boa ideia estar sempre preparado. Você pode ter sobrevivido com seu trabalho até agora, mas você vai sobreviver até quando? E se nós realmente entrarmos em uma recessão, isso significa que agora é o momento de começar a se preparar. Aqui estão algumas coisas a considerar sobre como você deve escorar suas finanças.

Crie um Plano para o Desemprego

Você nunca sabe se e quando o desemprego ocorrerá e até quando os benefícios do desemprego vão durar. A melhor estratégia para lidar com o desemprego é uma estratégia proativa e essas dicas podem ajudá-lo a planejar-se para o pior.

Fundo de Emergência

Para muitos, esta é uma necessidade. Seu fundo de emergência pode ajudá-lo através de tempos difíceis, dando-lhe uma ajuda para cobrir as despesas. Considere como você pode construir um colchão financeiro sob a forma de um fundo de emergência, separando um dinheiro de cada salário e colocando em uma conta de poupança de alto rendimento.

É importante perceber, no entanto, que é improvável que qualquer fundo de emergência dure para sempre. Ele pode ajudá-lo a sobreviver em tempos difíceis e ajudá-lo a pagar as contas, mas a menos que tenha um grande fundo de emergência, você vai precisar fazer algumas outras preparações para o desemprego.

Desenvolva Diversidade de Renda

Toda a sua renda vem somente de um lugar? Se assim for, seria uma boa ideia começar a desenvolver uma pequena diversidade de renda. Considere começar um negócio com um passatempo como base, ou criar um web site que possa gerar renda de afiliados. Se você está realmente preocupado com a estabilidade do seu trabalho, você ou seu parceiro podem considerar um trabalho em tempo parcial. Você também pode considerar a investimento de renda como uma maneira de começar a desenvolver uma pequena diversidade de renda. Enquanto você pode não estar fazendo um monte de dinheiro dessas outras fontes mensalmente, elas lhe dão fluxos de rendimentos que podem lhe ajudar a atenuar as dificuldades se você perder o seu emprego. E, enquanto você tem um emprego, você pode usar a renda extra para preencher seu fundo de emergência!

Viva Frugalmente

A recessão tem ensinado a muitos a importância da vida frugal. Mesmo aqueles que ainda têm empregos agora devem considerar diminuir seus estilos de vida – pelo menos um pouco. Viver modestamente e dentro dos seus meios irá garantir que você tenha menos despesas para pagar se você perder o seu emprego. Isso significa fazer menos ajustes no futuro, porque você já está a adaptar agora. Além disso, a vida frugal significa que você pode reservar mais dinheiro para o futuro. Mesmo que você decida que cortar despesas drasticamente não é necessário neste momento, que você ainda pode fazer uma lista de itens para cortar para que você esteja preparado em caso de uma perda de emprego.

Faça Seu Marketing Pessoal

Mantenha-se atualizado sobre as habilidades que são necessárias para sua profissão. Considere a possibilidade de desenvolver novas habilidades que podem lhe servir bem, se for necessário mudar de emprego. Periodicamente atualize seu currículo e faça o que você pode para manter-se valioso para seu atual empregador (para que você tenha menos preocupações quanto as demissões). Você também deve manter sua rede de contatos atualizada. Manter suas relações pessoais e de negócios, enquanto você ainda tem um trabalho, pode impedi-lo ficar na pior quando estiver desempregado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *