Quanto Vale o Seu Tempo Particular Fora da Firma?


Você já parou para pensar sobre o quanto vale o seu tempo? Não estou perguntando o quanto você ganha por hora em seu trabalho. Estou falando do horário depois disso – entre 5 e 10 da noite ou finais de semana. O que você faz com seu tempo depois do trabalho e qual o valor dele?

Uma história real

Poucos dias atrás, um amigo me ligou e perguntou se eu estaria interessado em trabalhar para seu irmão. “É um trabalho muito fácil”, explicou ele. “Não há realmente qualquer trabalho duro fisicamente”. E me disse quanto eu ganharia por hora (que por diversas vou omitir aqui).

Se fosse anos atrás acho que teria aproveitado a oportunidade para fazer algum dinheiro extra.

Não posso dizer que meu tempo teria algum valor se eu tivesse planejado assistir 5 horas de televisão após chegar em casa. Eu teria ganho absolutamente nenhum dinheiro durante esse tempo, além de ter consumido alguns refrigerantes ou petiscos vendo TV. Um pouco de trabalho e um tempo longe da TV teria sido uma melhor opção, especialmente porque eu estaria sendo pago por isso!

Enquanto olhava para fora pela janela da minha casa, comecei a me perguntar se o meu tempo valia realmente tão pouco quanto o meu amigo me propos. Percebi que poderia estar fazendo outras coisas ao invés disso.

De repente, aquela grana não me parecia tão grande. Se assumisse o trabalho, estaria na verdade sacrificando renda! Desnecessário dizer, não aceitei o trabalho.

E quanto a você?

Fica no sofá com um valor de tempo de zero reais? Ou você é um empresário com tantas idéias que não poderia ter tempo para um emprego a tempo parcial?

Espero que este artigo tenha te inspirado a pensar de uma maneira diferente. Não aceite qualquer trabalho que apareça na sua frente. Pense sobre o custo de oportunidade – o que você está deixando de lado por causa deste trabalho? Qual tem maior valor?

Se você acha que o seu valor por hora é absolutamente nada, faça um esforço para mudar! Faça um brainstorm e escreva num papel algumas idéias de negócio.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *