Seguro Viagem Vale a Pena?


O seguro viagem ajuda o turista a se sentir à vontade em situações que esperamos que não ocorram mas que podem ocorrer. Mas o maior problema com ele esta’ nas entrelinhas do contrato. Empresas de seguro viagem cobrem uma variedade de diferentes emergências ou cancelamentos de última hora, mas é importante verificar cada i’tem para ver exatamente e especificamente o que é coberto. Existe uma grande variedade de coberturas quando se trata de seguro viagem.

Por que alguém iria aumentar o custo de umas férias já são caras comprando uma? Sempre pensei assim até o ano passado quando tivemos que cancelar nossa passagem aérea devido ao trabalho da minha esposa. Acabamos por ter de gastar mais da metade do preço original para mudar voôs.

Teria sido menos caro e menos estressante ter feito um seguro viagem. Lição aprendida.

Agora estamos pensando em tirar umas férias nos próximos meses mas o horário da minha mulher ainda é irregular; muitas vezes me pergunto: um seguro vale a pena?

O seguro viagem pode ser comprado por uma variedade de razões: médica, mudança de tempo, interrupção de trabalho. Mas o custo varia mais dependendo da razão da cobertura. Em primeiro lugar, a parte mais importante é de se certificar que ela cobre o motivo pelo qual você está comprando o seguro.

Nossa situação é única no sentido em que minha esposa está ativamente à procura de emprego. Uma entrevista pode chegar a qualquer momento e fica difícil dizer “você pode remarcar para quando voltamos de férias? Obrigado”. É extremamente difícil conseguir uma entrevista; não há como recusar. E geralmente essas entrevistas são agendadas com 1 ou 2 semanas de antecedência, tornando difícil um planejamento de férias.

O custo dependerá em grande parte do custo total da viagem. Um seguro viagem internacional custa mais do que um nacional. Também irá custar mais para obter um para qualquer motivo de cancelamento, em oposição a algo mais específico como emergência médica ou mudança de tempo.

Na maioria dos casos, seguro viagem não vale a pena a menos que você tenha uma razão específica para comprar um. Por exemplo, você pode ter obtido um ótimo preço em um cruzeiro para o Caribe, mas é durante a temporada de furacões. Ou você pode estar entrando em uma aventura na selva com chances de precisar de cobertura médica. Em todos os anos que viajei, tive que cancelar planos de viagem três vezes e na maioria dos casos, simplesmente arquei com o custo da passagem aérea. Uma vez eu estava doente, na outra algumas emergências vieram à tona e desta última vez minha esposa conseguiu um emprego que exigia que ela começasse a trabalhar no dia em que iríamos sair para viagem.

Obviamente, o melhor cenário para economizar em seguro seria não ter de comprar um em primeiro lugar. Mas o que é um custo extra de, digamos, R$ 100 no preço de umas férias que vão trazer paz de espírito durante a sua viagem para você e família?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *