Erros de Investimentos a Serem Evitados


Pessoas inteligentes às vezes cometem erros estúpidos quando se trata de investir. Já aconteceu comigo. Parte da razão disso, acho eu, é que a maioria das pessoas não têm tempo para aprender o que eles precisam saber para tomar boas decisões. Quando comecei a investir eu não sabia muita coisa. Sempre confiei nos conselhos dos outros.

Nos meus muitos anos de tentativas para descobrir o caminho das pedras em finanças pessoais, aprendi o que funciona e o que não quando se trata de investimentos. Aqui estão erros a evitar.

Sempre Diversificar

Todo mundo que pensa sobre isso por mais de alguns minutos percebe que é verdade, mas é incrível como muitas pessoas não diversificarm. Por exemplo, algumas pessoas têm muitas ações do seu empregador, mas pouco de outras empresas. Ou possuem ações do mesmo setor industrial.

Para ganhar dinheiro no mercado de ações, você precisa de cerca de 15 a 20 ações em uma variedade de indústrias. É por isso que os fundos de índice têm se tornado tão popular. Quando você possui menos de 10 a 20 ações, o lucro de seu portfolio muito provavelmente ser algo maior ou menor do que a média do mercado de ações. Além do que, você não vai conseguir acompanhar os custos da inflação.

Tenha paciência

Isso é algo em que não sou bom. O mercado de ações e outros mercados de valores mobiliários variam em base diária, semanal e até mesmo anuais, mas a tendência geral durante longos períodos de tempo tem sido sempre de alta. É importante que os investidores tenham paciência. Haverá anos, meses ou dias ruins. Muitas vezes, um ano ruim é seguido por outro ano ruim. O que você precisa lembrar é que ao longo do tempo os anos bons superam os maus. E mais, eles compensam os anos ruins também. Investidores pacientes que permanecem no mercado em anos bons e ruins quase sempre saem melhor do que as pessoas que mudam frequentemente de estratégia de acordo com o mercado.

Meus pais sempre tiveram este problema. Na verdade, eles ainda fazem isso. Não gostam de ver quedas diárias, mensais ou anuais. Não tem estômago para isso. Preferem acabar com o investimento e colocar o dinheiro em outra coisa. O que isso faz na verdade é colocá-los mais longe de seus objetivos.

Use a estratégia do custo médio

Você já deve saber sobre a estratégia do custo médio. Em vez de comprar um determinado número de ações em intervalos regulares, compre uma quantia fixa em dinheiro regularmente, tais como R$ 100 por mês. Se o preço da ação é de R$ 10, você compra dez e assim por diante.

A estratégia do custo médio tem duas vantagens. O maior deles é que você regularmente investe tanto em mercado em alta como em baixa. A outra vantagem é que você compra mais ações quando o preço é baixo e menos quando o preço é alto. Como resultado, você não compra mais ações do que pode pagar.

Não se esqueça das despesas

Despesas de investimento podem aumentar com rapidez. Pequenas diferenças em taxas de despesas e impostos de renda podem facilmente subtrair centenas ou milhares de reais de seu patrimônio líquido ao longo da vida do investimento. As despesas podem ir acumulando até atingir números grandes que é quando você percebe que poderia ter investido o dinheiro e ganho os juros e dividendos por anos a fio.

Evite ser ganancioso

Assim como todo mundo, gostaria que houvesse alguma maneira de ganhar 15 ou 20 por cento anualmente sem riscos. Mas você sabe tão bem como eu que isso não existe.

Digo isso por um bom motivo. As pessoas fazem todos os tipos de decisões de investimento tolas quando se tornam gananciosas e perseguem lucros fora do normal. Se alguém lhe disser que tem um investimento ou estratégia de investimento que paga, digamos, 40 por cento, não acredite nisso. Se alguém realmente tem um método para produzir retornos anuais de, digamos, 30 por cento, essa pessoa em breve seria a pessoa mais rica do mundo. Moral da estória: não há tal nada certo ou garantido em investimentos.

Não finja saber de tudo

Como uma questão prática, é muito difícil para quem não foi treinado em análise financeira analisar investimentos complexos como derivativos e outros. Análise financeira está longe de ser tão complexo como a física atômica, mas não é algo que você pode fazer sem uma formação em contabilidade ou finanças, um computador e um programa de planilha. Talvez seja recomendável a contratação de um consultor de investimento. Ele pode criar um plano ideal para você.

Como você pode ver, investimentos podem se tornar bastante complexos e que você realmente precisa ter algum conhecimento para ter sucesso. Espero que compartilhando os meus erros eu tenha prevenido você de cometê-los.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *