O que é Mercado Futuro?


Eu costumava assistir um seriado de TV quando era pequeno sobre uma familia de fazendeiros. Lembro-me de um episódio onde a família estava muito feliz devido a grande colheita que iriam ter, pois iam ter muito dinheiro quando vendessem a safra. Estavam pensando em comprar sapatos novos para as crianças; a mãe iria comprar panos novos para um novo vestido de Domingo e o pai estava pensando em adquirir um violino novo.

E então o mundo caiu

Na noite anterior a colheita da safra choveu granizo. Tudo em ruínas! Não há safras para vender, nada de sapatos novos, nenhum vestido novo e nenhum violino novo!

Moral da estória

Para aqueles que gostam de final feliz, no final do episódio o pai sai para procurar trabalho junto com os outros homens da redondeza. As mulheres fazem o que podem para tentar recuperar algo do trigo destruído. No final todo mundo se sente unido. Unidos pela tragédia.

Como isso se relaciona com o mercado de futuros

Se o pai conhecesse o mercado de futuros ele poderia ter ganho dinheiro vendendo um contrato de futuros a preço de mercado antes da colheita e suas filhas não teriam que ir para a escola descalças.

No mercado de futuros há contratos, compradores e vendedores. O contrato tem um preço acordado e a ação de trocar as mercadorias por dinheiro acontece em algum ponto acordado no futuro. José tem uma safra de trigo que estará pronto para colheita em 3 meses. Ele sabe que será uma safra recorde e decide fazer um contrato de futuros para sua safra com uma panificadora chamada Padaria João. Ele é o vendedor do contrato e Padaria João é o comprador do contrato.

José concorda em vender sua colheita da Primavera por R$ 10 por unidade para entrega em Agosto. No momento em que José e a Padaria João entrarem em contrato, eles não trocam qualquer dinheiro. A Padaria João faz um depósito em boa fé junto ao seu corretor para que eles possam celebrar o contrato.

Em Agosto, o granizo destrói algumas safras, incluindo as do pai do seriado mas não as de José e o preço de mercado para o escasso trigo dispara para R$ 50 por unidade! Felizmente para a Padaria João, eles fixaram o preço em R$ 10 por unidade em Maio.

A padaria João paga aquilo que foi acordado (R$ 10 por unidade) e José envia o trigo à padaria. Hoje em dia, a maioria daqueles que fazem contratos de futuros não tem lugar para armazenar trigo nem têm o desejo de receber a entrega.

Operando futuros nos dias de hoje

Vamos começar com algumas definições chave.

Contrato de Futuros: Um acordo padronizado entre as duas partes para compra ou venda de um determinado produto por um tempo e preço definidos.

Commodity: A mercadoria envolvida no contrato de futuros. Exemplos: boi gordo, milho, café

Margem Inicial: O depósito inicial que o seu corretor requer para abrir um novo contrato ou posição.

Margem de Manutenção: O dinheiro exigido por seu corretor para manter sua posição com base nas flutuações no preço.

Alavancagem: O uso de uma pequena quantidade de dinheiro para controlar uma grande posição.

Especuladores usam contratos de futuros um pouco diferente do que as empresas que querem a entrega da mercadoria. Quando você troca um contrato futuro de boi gordo você provavelmente não tem um lugar para armazenar os bois. Na verdade, hoje a maioria daqueles que operam com futuros são especuladores.

Especuladores negociam contratos de futuros baseados no pressuposto de que o preço vai se mover no futuro na direção prevista por ele. Quando o preço de um contrato de futuros muda 1 centavo, o especulador vai ganhar ou perder R$ 10. Este é o poder de alavancagem. O mínino de dinheiro depositado para comprar ou vender um contrato varia de acordo com corretor; eles irão definir a margem inicial exigida para a sua conta.

Suponha que uma corretora exija R$ 5 mil de margem inicial para um contrato. Se o preço for contra você, então você terá que depositar mais dinheiro para cobrir a margem de manutenção. Alguns produtos podem necessitar de menos margem de que outros; verifique com a sua corretora.

Cada mês há contratos expirando. Se é Março e quiser negociar o contrato de Agosto, você tem menos de 5 meses para comprar e vender o contrato antes que ele expire. O mês que estiver mais próximo do vencimento é o que terá a maioria do movimento.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *