Não Permita que Seu Estilo de Vida Entorte


Durante anos congratulei a mim mesmo. As despesas de casa permaneceram as mesmas todo mês e estavamos quitando nossas dívidas. Apesar do aumento dos custos, descobrimos áreas passíveis de melhoramentos e otimizamos o que pudemos. Mas como dizem, depois de orgulho vem a queda. Descobri que estamos realmente fazendo menos progresso todos os meses agora do que quando começamos a fazer orçamentos mensais!

Inicialmente pensei que esta era uma tendência de curto prazo mas quando dei uma olhada no arquivo de orçamentos antigos, descobri que estava errado desde o primeiro dia. Nós haviamos sucumbido ao que chamo de “estilo de vida entortado”. Pequenos aumentos sutis nas despesas da nossa família que não necessariamente se enquadram com necessidades reais da vida.

Lenta e silenciosamente, o nosso estilo de vida tinha se entortado. Uma refeição extra aqui, um upgrade de eletrônicos lá, tudo isso despercebido porque não ultrapassaram o limite que definimos para nossas despesas planejadas mas não checadas porque não notamos que isso retardaria o avanço rumo às nossas metas.

Identificando o seu orçamento torto

Usamos um orçamento de base zero. Dinheiro que entra igual ao dinheiro que sai, todo mês. Claro que uma parte vai para a poupança ou para pagamento de dívidas, mas basicamente a nossa conta corrente zera a todo mês. Negligenciei a etapa de categorizar gastos. A título de exemplo, aqui estão algumas despesas que se infiltraram recentemente em nossas vidas, passando praticamente despercebidas:

  • Academia de ginástica plano família
  • Plano de dados do celular da minha mulher (ela não sabe sequer como mandar um torpedo)
  • Câmera digital nova
  • Uma média de R$ 200 por mês comendo fora

Ao todo, tivemos um aumento no estilo de vida (e diminuição no progresso as nossas metas). Se tivessemos gerenciado melhor o nosso orçamento, teríamos quitados a dívida agora. Constrangedor.

Outras pessoas terão “entortamento” em áreas diferentes do orçamento. Café caro, upgrades desnecessários de bugigangas. Upgrades pequenos como pacotes de TV a cabo podem acumular a centenas de reais em suas despesas domésticas todo ano.

Como deixar seu orçamento à prova de “entortamento”

Se você estiver sentindo o entortamento de orçamento, siga os seguintes passos para endireitar.

  • Defina seu orçamento, incluindo todas as despesas, priorizando suas contas e metas financeiras.
  • Reveja seu orçamento e revise de acordo com as alterações de custos. Embora nosso orçamento tenha permanecido fixo, algumas despesas como combustível e alimentos subiram e sacrificamos esse dinheiro que deveria contribuir às nossas metas financeiras por não rever as nossas despesas (e renda). Quando os custos sobem, é hora de pensar em ganhar um dinheiro extra de alguma maneira.
  • Mantenha a sua vigilância sobre a compra de pechinchas. Você relaxou a procura por pechinchas? Você parou de comparar preços? Só porque está no orçamento, não significa que você não deve tentar obter uma oferta melhor.
  • Hábitos velhos estão de volta? Presentes extravagantes, café Starbucks todo dia, muito shopping, muito cinema ou comendo muito fora? Temos velhos hábitos que quebram nossos orçamentos. Mantenha um olho atento neles.

Clique aqui p/ deixar um comentário 0 comentários