Como NÃO Utilizar um Cartão de Crédito


Vamos dar uma olhada em duas maneiras de como não usar o cartão de crédito.

Usar o programa de recompensas de cartão de crédito como incentivo para gastar mais dinheiro

Não ria ainda. Sei que ninguém vai obter um cartão de crédito com programa de recompensas com a intenção de gastar dinheiro à toa.

O risco inerente de um cartão de crédito com programa de incentivos é que isso pode levar a um aumento nos gastos. No passado gastei dinheiro com meu cartão de crédito feito idiota por conveniência. Hoje cartão com recompensa é meu inimigo público número um. É fácil ser enganado e comprar alguma porcaria ou gastar mais dinheiro para ganhar mais recompensas.

Quantas recompensas precisamos? Vale a pena gastar dinheiro extra na porcaria que não precisamos só para ganhar alguns prêmios inúteis? Não.

Se você já tiver um destes cartões, então precisa garantir que não estará gastando dinheiro imprudentemente em busca de recompensas inúteis. Certos programs podem ser úteis se você não tem que gastar dinheiro adicional para obtê-los.

Tratar seu cartão de crédito como um fundo de emergência

Outra desculpa que estou cansado de ouvir. Seu cartão de crédito não é dinheiro de emergência e não é um fundo de emergência.

Usando o seu cartão para uma emergência é aceitável se você esquecer de trazer o dinheiro ou se o seu dinheiro está na sua conta poupança e você não pode retirar. Isso só deve acontecer vez ou outra. Um cartão de crédito não deve estar lá para sempre salvá-lo. Isso é o papel da poupança (você tem uma, certo?). Um fundo de emergência é o que você deve usar para safar-se de problemas financeiros não esperados.

Não é bom usar cegamente seu cartão de crédito e justificá-lo como uma despesa de emergência. Se não tiver dinheiro para comprar aquele par de sapatos, então você realmente não deveria estar usando seu cartão de crédito.

Se precisa pagar por uma despesa inesperada e tem só o cartão de crédito, então use-o. Apenas certifique-se que você tem o dinheiro em algum lugar para evitar de ficar preso a um saldo não pago de cartão de crédito que começará a acumular juros. Se continuar a justificar as transações de cartão de crédito como emergência, você vai estar em dívida para o resto de sua vida. Quando foi a última vez que teve uma emergência real?

Ação obrigatória: crie um fundo de emergência real ou uma conta poupança. É essencial que você tenha algum dinheiro guardado para lidar com as dificuldades que a vida vai trazer. Você não pode sempre contar com seu cartão de crédito para salvá-lo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *