Qual a Diferença Entre Trading e Investimento?


Como trading e investimento financeiros são executados de maneira semelhantes, muitas vezes estes termos são usados de maneira intercambiável.

O que diferencia um do outro é o escopo. Tanto trading como investimento, afinal, são a aplicação de capital em busca de lucros. Se eu comprar ações da Petrobra espero quer o preço valorize, que ganhe dividendos ou ambos. O que separa trading do investimento é a expectativa de término. Isso pode ser na forma de ter um preço alvo como objetivo ou em termos de quanto tempo a posição será mantida. De qualquer forma, trading é visto como tendo uma duração limitada. Investir, por outro lado, é mais aberto. Um investidor vai comprar ações de uma empresa sem noção pré-definida de quando ele vai vender. As vezes ele nem sabe se vai querer vender um dia.

Podemos usar exemplos para ajudar a mostrar a diferença. Warren Buffet é um investidor. Ele compra empresas que percebe como tendo preço desvalorizado e mantém esta posição à medida em que a perspectiva continua positiva. Ele não pensa em vender sua posicao quando o preço atingir um certo valor.

George Soros é (ou pelo menos foi enquanto quando trabalhava ativamente em seu hedge fund) um trader. O trading mais famoso dele foi quando obteve uma posição short da libra britânica porque achava que a moeda estava sobrevalorizada e próxima a ser retirada do Mecanismo Europeu de Taxa de Câmbio. A posição que ele tomou foi baseado numa circunstância específica. Quando foi permitido que a libra flutuasse livremente, ela se desvalorizou rapidamente e Soros teve um lucro considerável. Isso atende ao critério de ter uma saída pré-definida, o que caracteriza trading ao invéz de investimento.

Há outra maneira de definir a diferença. Tem a ver com a maneira com o qual se espera que o capital aplicado produza um retorno. Em trading a valorização do capital é o objetivo. Você compra ações de uma empresa por 20 esperando que ele vá para 40 e, assim, produzir um ganho de capital. Se dividendos ou juros são pagos ao longo do tempo, ótimo, mas provavelmente isto é só uma contribuição menor para os lucros esperados. Em contraste, investimento é mais sobre produzir renda ao longo do tempo, o que faz com a produção de renda, como dividentos, seja o ponto principal. Será que os investidores de capital experimentam valorização? Sim, mas ao contrário de trading, não é a principal motivação.

Com essas definições em mente, veja o caso do que muitas pessoas se referem como o maior investimento de suas vidas, a casa própria. Baseado na nossa definição de investimento, no entanto, uma casa não é, na maioria dos casos, um investimento, porque na maioria dos casos ela não produz nenhuma renda.

Pelo contrário, ela gera despesas consideráveis como pagamentos de juros da hipoteca e manutenção. Comprar uma casa própria me parece mais trading. Comprar e esperar o seu valor subir ao longo do tempo, aumentando nosso patrimônio. E o fato de que muita gente muda para uma esperando ficar só por alguns anos para depois se mover para outra vendendo a casa reforça a noção de que é mais trading do que investimento. Casa para alugar é outra coisa. É claro que possuir propriedade para alugar pode certamente ser visto como investimento.

Como dito acima, para muitas pessoas trading e investimento parecem ser a mesma coisa. A mecânica de compra e venda é basicamente a mesma. Às vezes a análise feita para tomar essas decisões é idêntica também. É a intenção e a definição de objetivos que separam trading de investimento.


Clique aqui p/ deixar um comentário 0 comentários